Empresa de investigados por fraude no ferryboat fez doação para Flávio Dino e Brandão

Diagrama mostra relação de Flávio Dino e Brandão com empresários que ganharam licitação do ferryboat.

Diagrama mostra relação de Flávio Dino e Brandão com empresários que ganharam licitação do ferryboat.

Documento sigiloso da Procuradoria Geral da República (PGR), ao qual o Blog do Neto Ferreira teve acesso com exclusividade, revela que dinheiro de empresários que ganharam licitação bilionária no governo do Maranhão irrigou parte da campanha eleitoral da chapa do ex-governador Flávio Dino e do atual governador Carlos Brandão, ambos do PSB.

As investigações apontam que a empresa responsável pela doação foi a Inter Locação, dos sócios Luiz Carlos Cantanhede Fernandes e Cristiano Barroso Fernandes, que também são donos da Internacional Marítima, a vencedora da licitação de R$ 1,5 bilhão para concessão do serviço de transporte aquaviário via ferryboat realizada pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) durante a gestão do socialista. Procurados, Dino e os empresários não se pronunciaram acerca dos fatos.

A quantia que bancou parte da campanha dos socialistas e o ano eleitoral em que ocorreu não foram revelados pela PGR, mas as informações estão na prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral do Maranhão.

Em janeiro de 2022, o ex-governador se tornou alvo da Procuradoria após denúncias do seu envolvimento em suposta fraude no certame bilionário. O atual governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), também entrou na mira da investigação pela sua relação de amizade com os proprietários da Internacional Marítima.

Apurado como possível crime de peculato, o elo entre os empresários e representantes do Governo do Estado foi detectado após análise da Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise (SPPEA) da PGR que realizou um cruzamento de dados por determinação da subprocuradora-geral da República, Lindôra Maria Araújo, que está coordenando as investigações.

O relatório emitido destacou o vínculo de amizade entre Carlos Brandão e Cristiano Barroso Fernandes.

Imagem anexada ao diagrama mostra que Brandão chegou a participar da cerimônia de posse de Fernandes para a presidência da Associação Comercial do Maranhão (ACM) em 2020 e os dois aparecem bem íntimos. A reportagem procurou o governador, mas não se manifestou até o momento.

A SPPEA também detectou uma ligação entre Flávio Dino e o advogado Willer Tomaz em um processo que tramita sob sigilo no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O causídico mantém relação de amizade com o senador do PDT, Weverton Rocha, que também aparece como citado no documento.

Na mesma apuração foi identificado que o pré-candidato a deputado federal, Lobão Filho (MDB), e Luiz Carlos Cantanhede Fernandes, compartilham a sociedade de duas aeronaves.

Sob sigilo, a investigação é conduzida no âmbito da Assessoria Criminal do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e pode resultar em desencadeamento de operação policial.

Fonte Blog do Neto Ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: