Aliado de Flávio Dino e Clayton Noleto, Eduardo DP é alvo de operação da PF

O empresário Eduardo José Barros, conhecido como Eduardo Imperador ou Eduardo DP, foi um dos alvos da operação da Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira, 20, que visava desarticular organizações criminosas que fraudavam licitações em São Luís e nos municípios de Dom Pedro, Codó, Santo Antônio dos Lopes e Barreirinhas.

Eduardo DP é sócio da empresa Construservice, que manteve contratos com o governo do Maranhão de mais de R$ 100 milhões entre 2020 e 2022 para a execução de obras e serviços públicos.

Nesta quarta-feira, ele foi um dos alvos da PF durante a Operação Odoacro, que objetivava combater fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro envolvendo verbas federais da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Segundo reportagem do jornal Folha de São Paulo desta quarta-feira, 20, Eduardo DP é suspeito de comandar uma quadrilha responsável por crimes em mais de 40 municípios do Maranhão, pelo menos de 2009 a 2012, entre eles desvios de recursos federais do Ministério da Educação.

Ainda segundo o jornal, o Imperador é réu em ações nas Justiças Estadual e Federal que tratam dos supostos desvios e atos de corrupção e chegou a ser preso nas ações policiais relacionadas a esses casos.

Eduardo DP é um dos aliados do ex-governador e pré-candidato ao Senado, Flávio Dino (PSB), e também do ex-secretário estadual de Infraestrutura, Clayton Noleto, que disputa uma vaga na Câmara Federal este ano.

Do Marrapa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: